Air France realiza voo com óleo de cozinha usado

 


O uso de biocombustíveis em voos comerciais já é uma realidade, mas a opção escolhida pela Air France-KLM no último dia 18 de maio foi inusitada. A companhia aérea saiu de Paris, na França, rumo a Montreal, no Canadá, usando óleo de cozinha residual. 

O vôo 342 decolou do aeroporto Charles de Gaulle com uma mistura de 16% de combustível sustentável. Foi o primeiro voo de longa distância movido ao combustível sustentável da empresa, mas, dentro da Europa, em fevereiro, já havia realizado um voo de Amsterdã (Holanda) a Madri (Espanha).

Para garantir a segurança, o óleo de cozinha usado é refinado para atender exatamente às mesmas especificações técnicas do querosene tradicional. “Mostramos que a maior parte da solução está na inovação tecnológica”, afirmou o ministro dos transportes da França, Jean-Baptiste Djebbari. 

A empresa áerea anunciou que a mistura de querosene e óleo de cozinha usado será adotado oficialmente a partir de setembro. Os primeiros voos serão entre Paris e Amsterdã. 

Segundo a agência Reuters, a partir de 2022, os voos que partirem da França serão obrigados a usar ao menos 1% de combustível sustentável. Apesar de não parecer muito, a meta é mais ambiciosa do que as propostas da União Europeia de chegar a 2% até 2025 e 5% até 2030.

Além do desafio científico e tecnológico, ainda há o empecilho econômico. A Air France calcula que tal mistura gera um custo adicional de 4€ por passageiro. Para o valor ser competitivo é preciso que toda a indústria passe a adotar as opções ecológicas. 

Emissões na aviação

Estima-se que o setor de aviação contribua com 2% das emissões totais de gases de efeito estufa no planeta. A indústria vem estudando possibilidades para reduzir suas emissões poluentes e o combustível de óleo de cozinha da Air France integra os testes de fontes alternativas. 

Em 2013, o CicloVivo participou de uma viagem que não emitiu gás carbônico na atmosfera. O voo movido a plantas foi realizado na Colômbia. 

Entretanto, para organizações ambientais, apenas a adoção de combustíveis não será suficiente para cumprir as metas climáticas. É preciso também reduzir o tráfego aéreo. 

Na França, um projeto de lei busca proibir voos curtos. A ideia é tirar de circulação os voos que podem ser trocados por uma viagem de trem de menos de duas horas e meia. Com sistema ferroviário bem desenvolvido, o trem já é usado para realizar muitas viagens no país. De todo modo, a medida, por enquanto, afetou apenas algumas rotas de voo.

Fonte: CICLOVIVO | Marcia

Radar embarcado em drone monitora o crescimento da cana-de-açúcar



Elton Alisson | Agência FAPESP – Monitorar o crescimento da cana-de-açúcar com o objetivo de estimar o melhor momento para a colheita. Essa prática já tem sido feita em algumas lavouras no interior paulista por meio de um sistema de radar miniaturizado embarcado em drones.


Desenvolvida pela startup Radaz, com apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), em colaboração com pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a tecnologia foi descrita em artigos publicados na revista Remote Sensing e apresentada em palestra durante a Brazilian Bioenergy Science and Technology Conference (BBEST) 2020-21.


O evento on-line, que aconteceu entre segunda (24/05) e quarta-feira (26/05), faz parte das atividades do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN) e ocorreu paralelamente à segunda edição da Biofuture Summit, promovida pela Plataforma para o Biofuturo – consórcio formado por 20 países, incluindo o Brasil, com o objetivo de fomentar soluções de transporte de baixo carbono e a bioeconomia.


“A tecnologia pode ser usada para monitorar o crescimento de qualquer cultura agrícola. Escolhemos a cana-de-açúcar por ser uma das mais cultivadas no Estado de São Paulo”, disse Hugo Enrique Hernández Figueroa, professor da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp e coordenador do projeto.


O sistema de radar miniaturizado embarcado em drones opera em três bandas de micro-ondas simultaneamente – a P, a L e a C –, que são emitidas pelo dispositivo sobre uma área, por exemplo, uma lavoura de cana-de-açúcar.


Cada uma dessas três bandas de micro-ondas opera em uma faixa de frequência e possui comprimentos de onda diferentes. Quanto mais longo, maior é a capacidade de atravessar um objeto, como a copa de uma árvore, e atingir e até mesmo penetrar o solo.


A banda P, por exemplo, opera em uma frequência baixa, de 400 megahertz (MHz), e tem comprimento de onda maior, de 75 centímetros. Dessa forma, é capaz de atingir a superfície de uma lavoura de cana e penetrar até 50 centímetros o solo de um terreno com vegetação rasa ou inexistente. Já a banda L opera em frequência mais alta, de 1,2 gigahertz (GHz), e tem comprimento de onda baixa, de 25 centímetros. E a banda C tem comprimento de onda muito menor, de 5,5 centímetros, e opera em frequência muito mais alta, de 5,5 GHz.


A combinação dos dados obtidos pela reflexão dessas três bandas de micro-ondas em um terreno e capturadas pelo radar permite criar um modelo digital da área com informações cruciais para os agricultores.


“Em uma lavoura de cana, por exemplo, é possível estimar por meio da combinação dos dados obtidos a altura e o volume das plantas, além da umidade. Também conseguimos detectar problemas como erosão e rebaixamento”, explicou Figueroa.


Testes em campo

A placa-mãe do radar de sensoriamento remoto pesa 600 gramas. Uma vez que é embarcado em drones, o dispositivo pode realizar trajetórias complexas, como voos circulares, com raios variáveis e helicoidais.


“Dessa forma, é possível melhorar em 27 vezes a resolução espacial de uma área sobrevoada em comparação com o monitoramento feito por meio de voos lineares, como é usual por avião, por exemplo”, comparou Figueroa.


Por meio de um projeto apoiado pela FAPESP, no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) e de um acordo de cooperação com a IBM Brasil, os pesquisadores aprimoraram os algoritmos que interpretam as imagens obtidas pelo sistema de forma a produzir informações de acordo com as necessidades dos usuários e dependendo do tipo de plantação analisada.


Para validar os algoritmos, foram feitos estudos em uma área de cultivo experimental na Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri) da Unicamp, onde foi plantada cana-de-açúcar e registrado o crescimento das plantas por meio de medições biométricas convencionais e pelo sistema de radar transportado por drone.


O estudo indicou que os resultados obtidos por meio da tecnologia foram muito semelhantes aos fornecidos pelo sistema convencional.


Já para validar a capacidade de o sistema estimar a quantidade de biomassa acima do solo produzida em uma lavoura de cana três meses após a plantação, os pesquisadores fizeram um experimento em uma fazenda de propriedade da Usina São Martinho, no interior paulista.


“Os resultados do estudo, que foi aceito para apresentação em um congresso internacional, também indicaram que as previsões feitas por meio do sistema tiveram boa concordância com as realizadas por técnicos da fazenda”, afirmou Figueroa.
 


Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

Unicamp seleciona estudantes para mestrado e doutorado em engenharia civil



Agência FAPESP – A Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas (FEC-Unicamp) abriu edital para seleção de alunos de pós-graduação para os cursos de mestrado e doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, para as áreas de concentração em Construção, Estruturas e Geotécnica, Recursos Hídricos, Energéticos e Ambientais e Transportes.


A área de Construção oferece duas linhas de pesquisa: “Edificações” e “Materiais e componentes de construção”. Já a área de Estruturas e Geotécnica possui as seguintes linhas: “Análise do comportamento de estruturas”, “Análise do comportamento de materiais para estruturas”, “Interação solo-estrutura”, “Métodos numéricos em problemas de engenharia” e “Sistemas estruturais”.


As linhas de pesquisa em Recursos Hídricos são “Engenharia hidráulica”, “Hidrologia, gestão de recursos hídricos e ordenamento territorial” e “Planejamento energético e sistemas elétricos”. Em Transportes, a linha de pesquisa é “Infraestrutura, planejamento, logística e geotecnologia”.


As inscrições devem ser feitas até 4 de junho de 2021, devendo o candidato gerar a ficha de inscrição no Sistema de Gestão Acadêmica da Unicamp. Ele deverá informar a área de concentração e a linha de pesquisa.


Além disso, o candidato deverá realizar inscrição pelo site da FEC-Unicamp e fazer o upload dos seguintes documentos: foto 3x4, formulário do Sistema de Gestão Acadêmica preenchido, comprovante de proficiência em língua inglesa, link do currículo Lattes, cópia do documento de identificação pessoal, do diploma de graduação ou certificado de conclusão de graduação, do histórico escolar de graduação, duas cartas de recomendação de profissional do meio acadêmico. As inscrições para os cursos de doutorado também exigem cópia do diploma e do histórico escolar do mestrado.


O processo seletivo consistirá de exame de conhecimentos específicos e reuniões de orientação. Os exames de conhecimentos específicos serão preparados e corrigidos pelas áreas de concentração. O exame específico e a reunião de orientação serão integralmente remotos.


O resultado final será divulgado em 13 de julho de 2021, pelo site da FEC.


Mais informações: www.fec.unicamp.br/pos/ppgec/1002.
 


Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

Evento AO VIVO neste Sábado 29/05/2021, às 9h30: Escola de Engenharia comemora 110 anos de fundação

Vista aérea do complexo da Escola de Engenharia, no campus Pampulha
Lucas Braga / UFMG

 

Com uma homenagem aos engenheiros das turmas formadas em 1961, 1970, 1972, 1995 e 1996, a Escola de Engenharia da UFMG comemora neste sábado, 29 de maio de 2021, seus 110 anos de fundação. A cerimônia, que começa às 9h30, será presidida pela reitora Sandra Regina Goulart Almeida e contará com a participação do vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira, ex-diretor da Unidade. Por conta da necessidade de distanciamento social imposta pela pandemia, a solenidade será realizada remotamente, com transmissão pelo canal da Escola de Engenharia no YouTube.


A então Escola Livre de Engenharia foi fundada em 21 de maio de 1911 por um grupo de intelectuais vinculados à Sociedade Mineira de Agricultura, em Belo Horizonte. Antes mesmo de completar 10 anos de existência, a Escola enfrentaria a pandemia de gripe espanhola, que assolou o mundo na época.

“Nos dias de hoje, como no passado, a Escola de Engenharia da UFMG se uniu a diferentes setores da sociedade no enfrentamento desta pandemia. Diversas equipes de professores, técnicos-administrativos de educação e estudantes trabalham em frentes de combate ao novo coronavírus”, pontuam o diretor Cícero Starling e o vice-diretor Luiz Machado, em texto de introdução do convite da cerimônia.

Complexo
Um dos maiores complexos de ensino e pesquisa no campo da engenharia da América da Latina, a Escola de Engenharia da UFMG está instalada em área área de 65 mil metros quadrados no campus Pampulha. Está estruturada em 13 departamentos, que reúnem cerca de 300 professores e 150 técnicos-administrativos de ensino. Conta com 11 cursos de graduação e outros 11 programas de mestrado e doutorado. Sua comunidade discente é formada por cinco mil estudantes de graduação e dois mil de pós-graduação.

O evento pode ser acompanhado pela janela abaixo:


Fonte: UFMG

Empresa de engenharia arrecada ração para doar a cachorros que perderam o dono

 

A Quantum Engenharia está engajada em uma campanha de solidariedade para arrecadar ração, vermífugos e antipulgas para ajudar 26 cachorros em situação de vulnerabilidade, no bairro Forquilhinha, em São José. 
O homem que cuidava dos animais morreu há cerca de um mês. Desde então, eles têm contado com a ajuda da comunidade para sobreviver.

O trabalho, encabeçado pelo grupo Vira Latas, quer manter os cachorros até que consigam novos lares. O grupo também está realizando uma vaquinha online para ajudar na causa. Quem quiser colaborar, com qualquer valor, pode fazer doações pelo link: https://bit.ly/3eTFoXP.

As rações podem ser entregues na sede da Quantum Engenharia, na rua Senador Carlos Gomes de Oliveira, 397, em São José - SC.

UniFavip em Caruaru - PE, está com um evento aberto para engenheiro e estudantes online e grátis


 

A UniFavip, em Caruaru (PE) realiza entre 3 e 14 de maio de 2021 a "Arena do Conhecimento em Engenharia e Tecnologia 2021". 


O Evento é aberto ao público, gratuito, online e conta com mesas-redondas, palestras e oficinas.


O evento tem como objetivo a promoção de troca de informações entre profissionais dos diversos setores, além de conhecimento para todos os participantes.


As inscrições estão abertas e podem ser realizadas nesse LINK.



Clube de Engenharia de Brusque (SC) critica comentários sobre a queda da cabeceira da ponte Santos Dumont

Foto: Bárbara Sales

 
Após uma semana da queda da cabeceira da ponte Santos Dumont cair em Brusque (SC), o CEAB (Clube de Engenharia, Arquitetura, Agronomia de Brusque) criticou os comentários maldosos que "julgaram e desprestigiaram o exercício da engenharia".


O Ceab ainda destaca a importância do profissional engenheiro para o crescimento e desenvolvimento para a cidade e que esse trabalho "passa muito longe do amadorismo".


“Somos sabedores das dificuldades e desafios enfrentados durante a execução de obras de engenharia de grande porte, caso específico da instalação da margem esquerda da avenida Beira Rio”.


Confira a nota:

Considerando o incidente ocorrido na ponte João Libério Benvenutti, no bairro Santa Terezinha, o Clube de Engenharia Arquitetura e Agronomia de Brusque (Ceab), vem através deste, manifestar-se quanto ao exercício da profissão de Engenharia. Sem entrar nos méritos e deméritos do ocorrido observou-se durante a divulgação dos fatos nos meios de comunicação e redes sociais, uma infinidade de comentários julgando, desprestigiando e criticando, o exercício da Engenharia como um todo.

Diante desta situação, o Ceab como entidade representativa dos profissionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, atuante desde 1977, reprova esse tipo de atitude e destaca a importância dos profissionais de Engenharia no crescimento e desenvolvimento do município de Brusque e região, buscando as melhores soluções técnicas fundamentadas em sua experiência profissional e no conhecimento técnico, passando muito longe do amadorismo.

Somos sabedores das dificuldades e desafios enfrentados durante a execução de obras de engenharia de grande porte, caso específico da instalação da margem esquerda da avenida Beira Rio, principalmente quando as novas intervenções se encontram com estruturas já existentes, muitas vezes sem a devida memória construtiva preservada e disponível para auxiliar a definir ações.

O Clube de Engenharia Arquitetura e Agronomia de Brusque (Ceab) está convicto que em nosso município atuam profissionais capacitados para solucionar os imprevistos decorrentes da execução de obras os quais vão se utilizar de seu conhecimento para trazer a normalidade à nossa cidade.

Fonte: Jornal O Município

Gostou da matéria?

Ajude-nos compartilhando em suas redes sociais.

VALE contrata Engenheiro Sênior para atuar em São Luís - MA

 


Descrição Da Vaga

A triagem para o processo seletivo é realizada através da leitura do seu currículo anexado, caso já esteja anexado, lembre-se de manter o arquivo atualizado. Manter o currículo atualizado aumenta as suas chances de sucesso no processo seletivo.

 

N° de Vagas: 1

Formação: Engenharia Mecânica, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Engenharia de Controle de Automação, Engenharia de Eletromecânica, Engenharia Eletrotécnica e afins.

Localidade: Ponta da Madeira, São Luís, MA

Horário de Trabalho: Administrativo

Período de inscrição: 26/04/2021 à 03/05/2021

Pré-requisitos obrigatórios:

  • Experiência em Manutenção Mecânica de transportadores de correia, empilhadeiras e recuperadoras;
  • Conhecimentos em Engenharia de Manutenção e Engenharia de Confiabilidade;
  • Conhecimentos sobre os métodos de melhoria contínua e produção enxuta, por sistema Toyota e suas versões com SQCC, VPS, ABS, etc.
  • Softwares de Confiabilidade;
  • Pacote Office Avançado.

Pré-requisitos desejáveis:

  • Inglês Intermediário;
  • Conhecimento em simulações e softwares de elementos finitos;

Atividades e responsabilidades

  • Direcionar a estratégia do Porto nas disciplinas de manutenção e operação;
  • Atuar na solução de falhas crônicas dos equipamentos portuárias;
  • Atuar na Confiabilidade de Ativos;
  • Suportar a manutenção portuária através de projetos de melhoria dos equipamentos existentes;
  • Atuar no Controle e Prevenção de Acidentes portuários;
  • Atuar na governança e gestão de ativos;
  • Suportar o processo de Gestão de Diretrizes Básicas de Manutenção e Operação.


PERBRAS contrata engenheiro para atuar em Carmópolis/SE.


DESCRIÇÃO DA VAGA

A Perbras oferece oportunidade para candidatos que possuam iniciativa, comprometimento e dedicação em buscar conosco soluções inovadoras e sustentáveis para indústria do petróleo.


O trabalho será realizado em regime administrativo ou de turno, na cidade de Carmópolis e Região.

Serão realizados serviços de acompanhamento e monitoramento de Instalações de Média Complexidade (MC) e de Instalações de Alta Complexidade (AC)

RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES

·        Acompanhamento, monitoramento e otimização dos processos e instalações e melhorias operacionais;

·        Dimensionamento, funcionamento, aplicações e gestão (tais como: controle de validade, planejamento de substituição) das PSV’s e emitir folhas de dados (FDs) de PSVs,

·        Elaborar simulações computacionais, utilizando inclusive simuladores de processos comerciais, para otimização de processos e sistemas;

·        Controle, otimização e definição de produtos químicos;

·        Participar e liderar análises de riscos, análises de causas para tratamento de anomalias e gerenciamento de mudanças. Para liderar análises de riscos, o profissional deve ter curso específico em Análise Preliminar de Riscos (APR) e HAZOP.

·        Elaboração, controle e atualização de documentação técnica e padrões;

·        Adequações aos regulamentos técnicos ANP e solicitações do órgão regulador;

·        Atendimento as normas e portarias dos órgãos reguladores e fiscalizadores;

·        Acompanhamento e atendimento a auditorias internas e externas;

·        Elaboração de relatórios técnicos, memoriais descritivos, instruções técnicas, procedimentos e materiais de apoio técnico as atividades de engenharia do CLIENTE.

·        Análises dos dados e informações dos serviços prestados, definição de estruturação / tabelas / planilhas, elaboração dos gráficos e/ou tabelas e relatórios por área, para entregar/enviar ao gerente e fiscais do contrato quando solicitado,

·        Coordenar tratamento de anomalias;

·        Manter documentação técnica essencial das instalações atualizada como Documentação de Segurança Ocupacional (DSO) das concessões,

·        Garantir o cumprimento do Manual de Segurança (MS) do CLIENTE na execução das atividades,

·        Emitir Notificações de Falhas nos Sistemas de Medição (NFSM),

·        Acompanhar a eficiência dos processos, identificar e corrigir os desvios/oscilações;

·        Elaborar e acompanhar planos de ação para melhoria dos processos, conformidade legal e SMS, dentre outros;

·        Promover ações de atendimento as manutenções e intervenções do CLIENTE;

·        Programar e coordenar operações/intervenções nas instalações, inclusive paradas programadas para manutenção e/ou implantação de novos projetos;

·      Outras correlatas a atividade.



4.4.2.  Constituem prerrogativa dos prestadores de serviço de engenharia: serem os responsáveis técnicos das instalações que atuam com Assinatura de Responsabilidade Técnica de Cargo e Função (ART) no conselho de classe regional; Manter interação constante com o CLIENTE.


REQUISITOS E QUALIFICAÇÕES

Formação em engenharia, reconhecida pelo MEC, e distribuídos da seguinte maneira:

Formação em engenharia química ou petroquímica com experiência mínima de 2 anos nas áreas de petróleo e gás, química ou petroquímica;

Formação em engenharia de petróleo e gás com experiência mínima de 2 anos na área de processamento nas indústrias petroquímica, química ou de petróleo e gás;

Formação em engenharia mecânica ou de produção mecânica com experiência mínima de 2 anos nas áreas petroquímica, química ou petróleo e gás;

Deverão possuir Assinatura de Responsabilidade Técnica de Cargo e Função (ART) no conselho de classe regional e cursos específicos exigidos por lei/normas

Conhecimento intermediário em informática e do pacote Office da Microsoft.

Possuir conhecimento e domínio na área de aplicação, dimensionamento e funcionamento de PSV e NR-13 para atuação no âmbito da UN-SEAL.

Possuir conhecimento em metodologia de análises de riscos, análises causas básicas e raiz, árvore de causa para análise de acidentes, incidentes de processos e de pessoas;

Direção defensiva;

NR-20;

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Benefícios:

Vale Alimentação

Plano de Saúde

Plano Odontológico

Seguro de Vida


*Necessário morar em Carmópolis/SE.





AngloGold Ashanti Brasil contrata Engenheira/Engenheiro Mecânico Pleno

 


DESCRIÇÃO DA VAGA

Com a experiência de mais de 180 anos de operação no país, a AngloGold Ashanti tem seu trabalho pautado em práticas sustentáveis e conscientes, que aliadas à inovação e segurança, garantem à empresa o título de indústria com maior longevidade do Brasil, sendo a maior produtora de ouro do país e a terceira maior do mundo. Com esta visão, de ser líder em desenvolvimento sustentável na indústria de mineração de ouro, convidamos você, com sua individualidade, bagagem e multiplicidade de comportamentos, que gosta de trabalhar de forma colaborativa, tendo a segurança, respeito ao próximo e ao meio ambiente como principais valores, para enriquecer nosso time que valoriza a diversidade e busca nesta troca, aperfeiçoamento e desenvolvimento para atingir o potencial humano e profissional efetivo de cada um. 

Se você se identifica com nossa cultura, essa vaga pode ser uma oportunidade de ouro.

Estamos em busca de profissionais para atuar como Engenheiro(a) Mecânico(a) na Diretoria de Operações CuiabáGerência de Infraestrutura.

RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES

  • Gestão de contratadas em atividades de montagem mecânica e obras civis, bem como interface com áreas internas visando a assertividade na comunicação e priorizando a Segurança em todas as ações.
  • Será responsável pela análise de medições de serviços e gestão de KPIs de segurança e performance.

REQUISITOS E QUALIFICAÇÕES

  • Formação em Engenharia Mecânica, Elétrica, Civil ou Produção;
  • Inglês avançado.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

O que nós oferecemos? 

Ao ingressar na AngloGold Ashanti Brasil, você pode esperar receber um pacote competitivo de benefícios e salário atrativos além da possibilidade de participar de programas de desenvolvimento da empresa mediante avaliação desempenho ao longo do ano.

 

Como estamos comprometidos com sua segurança?

A segurança é o nosso primeiro valor e praticamos os mais rigorosos padrões de segurança do setor buscando sempre melhorias aliadas à práticas sustentáveis e de inovação.

A ANGLOGOLD ASHANTI

Uma das maiores produtoras de ouro do mundo no Brasil, a AngloGold Ashanti é a indústria com maior longevidade do país. Com sede em Johannesburgo, na África do Sul, a companhia engloba 14 operações e atuação em nove países, gerando mais de 34 mil empregos.


No Brasil, temos unidades nos estados de Minas Gerais e Goiás, onde geramos mais de 4.900 empregos diretos. Nossa atuação compreende a mineração de ouro e outras três áreas de negócios: a geração de energia usada em suas operações, a gestão imobiliária e a produção de ácido sulfúrico.

 

Somos exemplo de cuidado ativo e de segurança, nosso primeiro valor. Além de termos disciplina e excelência operacional para atuar de forma sustentável, buscando a inovação e a melhoria contínua para manter nossas operações entre as mais avançadas no setor da mineração. Sempre com cuidado em relação ao nosso legado, para gerar valor para as pessoas, a empresa, o meio ambiente e a comunidade.


Temos responsabilidade e orgulho de valorizar a multiplicidade de perspectivas e experiências que a diversidade proporciona, seja ela baseada em gênero, etnia, orientação sexual, deficiência, formação cultural, religião ou idade. Acreditamos que podemos desenvolver, juntos, o potencial individual e coletivo.


Para se candidatar à vaga, clique na imagem a seguir:



Adblock Detectado

SEI QUE VOCÊ NÃO GOSTA DE PROPAGANDA, NÓS TAMBÉM NÃO

Mas essa é a maneira que encontramos de mostras as matérias gratuitamente para você.

Por favor, desabilite seu AdBlock e desfrute de todas as informaççoes do nosso site.

Muito obrigado, Blog Do Engenheiro

×