google.com, pub-9766363012448482, DIRECT, f08c47fec0942fa0 Blog do Engenheiro | Conselho de Engenharia fiscaliza festas juninas no ABC.

Header Ads Widget


Canjica, paçoca, arroz doce, milho quentinho, enfeites coloridos e muita música boa. 

Além do clima festivo, as festividades juninas também acenderam um alerta para se cuidar para curtir feiras e feiras com segurança. Para a segurança social, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) intensificou as fiscalizações das atividades para garantir estruturas adequadas e profissionais qualificados em projetos e instalações.

"O que muita gente não sabe é que existe um planejamento estratégico e uma logística de segurança por trás dos comícios". O engenheiro Carlos Consolmagno explicou.

Montagem e estabilidade das estruturas 


Sem a presença de um responsável técnico devidamente habilitado à frente dessas atividades, as chances de ocorrer incêndios, intoxicações causadas por fumaça e/ou gás, sobrecargas elétricas, curtos-circuitos, choques elétricos, quedas durante as instalações e acidentes com peças/estruturas mal fixadas são muito maiores.

A dinâmica é necessária para prevenir possíveis ocorrências. 
“Os profissionais atuam na supervisão da montagem e estabilidade de estruturas temporárias, como tendas, palcos e barracas, mitigando os riscos”, diz Consolmagno.

Checagem das instalações elétricas 

Durante a ação de fiscalização, também são verificados possíveis focos de incêndio e acomodações elétricas, incluindo gerador de energia, som e iluminação, para averiguar carga e potência gerada, no intuito de analisar a execução do projeto de segurança. 
“Por isso, é fundamental que haja também o aval do Corpo de Bombeiros e da municipalidade da região no estudo de rotas de fuga, saídas, luzes de emergência, placas de sinalização, extintores de incêndio, materiais de acabamento, acesso para ambulâncias etc., e aprovar a continuidade da montagem”, enfatiza o engenheiro.

Projeto de segurança 

Para que a festa seja realizada, os organizadores precisam apresentar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), documento que comprova a presença do profissional habilitado e registrado no Crea-SP. Isso porque é este profissional que detém as habilidades e conhecimentos técnicos necessários para o bom funcionamento dessas festividades. 
“Ele atua de forma a maximizar não só a segurança do evento, mas dos visitantes, famílias, trabalhadores e organizadores”, finaliza.
O Crea-SP segue realizando ações de fiscalização nas festas juninas em todo o estado de São Paulo.

Post a Comment

Publicidade

Publicidade